5 dicas para cuidar da pele no verão

O verão começou e, mesmo durante esse período que estamos em casa, é importante dar uma atenção à pele. Confira 5 dicas para cuidar da pele no verão:

– Beber bastante água

Água é importante para o bom funcionamento do nosso corpo normalmente, mas no verão é mais importante ainda já que perdemos bastante líquido devido ao calor.

Tenha sempre ao alcance uma garrafa de água e vá enchendo ao longo do dia. Pelo menos dois litros diários é o recomendado.

– Protetor solar

Mesmo em casa é importante usar protetor solar. Estamos em exposição contínua aos raios ultravioletas (UV) e o uso do protetor evita manchas, queimaduras e até câncer de pele. Utilize diariamente independente da cor da pele.

– Limpar e hidratar a pele

No verão suamos bem mais do que nas outras estações do ano e isso pode afetar nossa pele. Por isso é importante fazer a limpeza correta utilizando sabonete específico para a área.

Além disso, é significativo manter a pele do corpo todo bem hidratada. A ingestão de água ajuda um pouco na hidratação, mas é importante a forma tópica também. Por isso utilize diariamente um hidratante que funcione para a sua pele.

– Utilizar acessórios

Se na sua casa tiver área externa e você permanecer por um longo período fora, é importante utilizar alguns acessórios para sua proteção. Óculos de sol e chapéu ou boné podem te proteger do sol.

– Comer frutas e verduras

Por último, mas não menos importante: comer frutas e verduras. Ingerir esses alimentos é importante em qualquer época do ano, e no verão não seria diferente. Aproveite os dias quentes e beba sucos naturais e tente comer mais saladas. Além de ser refrescante e deixar nosso corpo saudável, também melhora o aspecto da nossa pele.

Esses são alguns cuidados que acredito serem muito importantes para manter a pele saudável e bem cuidada durante o verão. Lembre sempre de procurar um profissional quando necessário.

Planejar ou não?

Mais um ano começando e esse é um momento que sempre paro para refletir sobre o que quero alcançar nesse ano. Claro que nem tudo sai conforme o planejado, mas acho importante ter um guia para o ano.

Sei que esse ano ainda estamos no meio de uma pandemia e planejar algo parece ser impossível, mas não é bem assim.

Obviamente não vou planejar uma viagem para o mês que vem, porque isso só me frustaria sabendo que não vou realizar. Porém existem outros objetivos em nossas vidas que não só podem como devem ser planejados.

Pense em coisas que você quer realizar daqui um, cinco ou dez anos. Você precisa se planejar para isso, certo?

Planejar é respeitar o seu tempo. Se você marca algum compromisso com alguém e a pessoa atrasa duas horas ou nem aparece, você acharia ruim. Então por que muitas vezes desrespeitamos nosso tempo com nós mesmos adiando nossas metas?

É importante ter em mente que nossos sonhos e objetivos são importantes e ninguém vai realizá-los por nós. Então por isso precisamos de planejamento.

A primeira coisa a se ter em mente é de que não adianta só pensar nos objetivos. Precisamos pensar, anotar e elaborar planos de ação.

Uma boa ideia é separar os planejamentos em curto, médio e longo prazo para conseguirmos visualizar nossa evolução e alterar ou repensar algumas coisas que talvez sejam necessárias.

No longo prazo ficam os seus sonhos que agora são os seus objetivos. Médio prazo são os caminhos que devem ser tomados, as mudanças que precisam ser feitas que vão gerar mais resultados. E no curto prazo são as coisas que você pode fazer hoje, nessa semana ou nesse mês para evoluir nos seus objetivos.

Muitas pessoas nem começam a planejar, porque um ano passa muito rápido e cinco anos demorarão para chegar. Bem, esse ano vai passar e os cinco anos que pareciam estar tão distantes logo chegarão. E daqui cinco anos você desejaria voltar no tempo e começar a planejar seus objetivos nesse ano.

Pense nos seus sonhos e vá traçando o que precisa ser feito de acordo com os prazos. E não existe planejamento perfeito, não tá? Se algo der errado ou você mudar de ideia: replaneje!

Sempre tenha em mente que o longo prazo vai chegar. Mesmo se o seu objetivo for para daqui dez anos, esse dia vai chegar e espero que com ele a realização dos seus sonhos.

Inspirações de looks para Ano Novo

Na semana que vem já é 2021! Esse ano está bem diferente do que estávamos acostumados e, mesmo que ficaremos em casa, vestir algo que gostamos pode ajudar a fazer desse dia um pouco especial. Espero que isso ajude para você também e, por isso pensei em algumas inspirações de looks para o Ano Novo. Confira:

Penteados para Natal e Ano Novo

Não sei como isso aconteceu exatamente, mas o Natal já é nessa semana! Durante o fim de semana fiquei pensando em alguns penteados para as festas de fim de ano e encontrei algumas inspirações bem legais e fáceis de fazer e queria compartilhar com vocês. Confira:

Ainda estou um pouco em dúvida sobre qual escolher. Você já tem o seu escolhido para o Natal e Ano Novo?

Não temos o controle de nada

Esse ano foi triste e desafiador para dizer o mínimo. Mas acredito que levo uma grande lição que há tempos percebo que não queria aprender e agora vivi isso: a gente não controla – quase – nada.

Pensando no final do ano de 2019 eu tinha alguns planos, mas estava perdida de uma certa forma. Chegou 2020 e com ele um vírus letal. Não fazíamos ideia do que passaríamos. Não sabíamos que nosso país perderia mais de 180 mil pessoas. Não sabíamos de nada disso.

E o que aconteceu com os nossos planos? Simplesmente escaparam das nossas mãos. Eu sentia que já estava perdida e fiquei mais ainda.

Nesse momento decidi sentir todas as emoções que eu precisava sentir no momento. Voltei para dentro de mim mesma quando levei à sério a meditação e fiz algumas descobertas.

Aprendi bastante coisa nesse ano, principalmente sobre mim mesma, e uma coisa que pensei quase o ano todo foi que somente temos uma falsa sensação de controle.

Para uma virginiana (sim, coloco a culpa no signo) perceber isso é bem chocante e desconfortável. Porque, normalmente, pessoas desse signo gostam de manter as coisas sob controle e bem, nesse ano não tive controle de quase nada.

Não tive controle das demissões em massa na minha área de trabalho, não tive controle sobre as várias crises que o país (e o mundo) está passando e muito menos controle ainda sobre um vírus e todas as nossas relações na sociedade que tiveram que mudar abruptamente.

Entretanto, nos meus momentos otimistas no decorrer desse ano eu percebi que posso controlar algumas coisas que estão ao meu alcance, de verdade.

Consigo controlar minha reação a alguma situação, meus pensamentos, o meu humor, as tarefas que realizarei no dia e consigo fazer o dia ser bom.

Não estou falando que é fácil. Muito pelo contrário, é difícil. Mas é importante ter em mente de que não é impossível.

Às vezes o dia vai passando e estamos tão no automático que algumas coisas passam despercebidas. E não julgo ninguém por isso, até porque não aprendemos a parar um pouco e olhar nossa vida de uma forma otimista.

Enquanto não consigo controlar o fim de uma pandemia eu vou – tentar – controlar o máximo do meu dia para que ele seja bom. Vou fazer algumas coisas que gosto e que me deixam feliz.

Estou começando a sentir um certo alívio de não controlar tudo. Não preciso carregar o mundo sob meus ombros e nem quero mais.

22 opções de looks para o Natal

Natal está quase aí e não é porque nesse ano as comemorações de fim de ano serão diferentes que vamos terminar o ano de pijama, né? (Mas se você quiser, não tem problema nenhum, tá?)

Acho que a primeira coisa a se ter em mente é o conforto e pensando nisso uma boa opção de look é vestido. Pode ser de alcinha ou de manga curta, com botões ou liso, de tecidos variados e até usar sobreposição de vestido com camiseta, que já tem post aqui no blog. Clica aqui para ler.

Outra ótima opção é usar saia midi ou longa. Dá pra usar com camiseta ou cropped e também tem post aqui no blog com inspirações de looks com saias.

Outra peça bem confortável é essa calça mais larginha e que fica bem com tudo!

Shorts sempre será uma boa opção, na minha opinião, porque é confortável, não te deixa passando calor e ainda dá pra combinar de várias formas.

Macacão, macaquinho, jardineira e salopete são ótimas opções também, porque são confortáveis e fácil de pensar na combinação do look.

Já decidiu qual será o look do Natal ou ainda está pensando?

Inspiração de makes para Natal e Ano Novo

Começa dezembro e já fico pensando nas festas de fim de ano. E não é porque nesse ano as comemorações serão diferentes que não podemos nos arrumar, né?

Para quem quer entrar de cabeça no espírito natalino e quiser ousar na make tem essa inspiração com luzinhas:

Mas se você é do time mais básico de make, assim como eu, seguem algumas opções de maquiagens para usar no Natal e no Ano Novo:

Amei essas inspirações de usar tons mais avermelhados nos olhos. Mas uma boa forma de utilizar o vermelho na make de fim de ano é se jogar no batom vermelho:

Uma boa pedida também é fazer um delineado diferente ou colorido, inclusive já tem post aqui no blog com inspirações de delineados coloridos e você pode ver clicando aqui.

Uma das cores que muita gente gosta de usar é dourado e usar essa cor na maquiagem fica linda, assim como tons acobreados:

Outra ideia que gostei bastante é fazer um delineado preto e usar uma cor no canto interno do olho e na linha d’água:

Eu gosto de usar glitter, principalmente no Ano Novo, há um tempinho. E achei muito legal essa ideia de usar glitter ou estrelinhas no lugar do delineado:

Agora é só escolher qual ideia usar e aproveitar as festas de fim de ano em casa. Quais inspirações você gostou mais?

10 coisas que eu gostaria de saber quando ainda estava na escola

Já tem alguns anos que me formei no Ensino Médio e saí, oficialmente, da escola. E quando olho para trás percebo que gostaria de ter aprendido outras coisas que na época não percebi que eram fundamentais.

Se eu tivesse uma máquina do tempo e pudesse voltar para os anos em que eu estava na escola eu diria o seguinte:

Você não é menos inteligente só porque não entende exatas

Durante boa parte dos meus anos escolares, algumas pessoas me faziam acreditar que eu não era tão inteligente assim, porque afinal eu não entendia matemática, química e física. Demorei para perceber que eu só não tinha aptidão para essas disciplinas, mas em contrapartida matérias de humanas, linguagens e artes quase me faziam chorar de emoção. Eu não era menos inteligente do que os outros por não entender e nem gostar de exatas.

Acredite mais em você mesma

Não sei exatamente de onde surgiu, mas cresci sendo uma pessoa muito insegura e isso afetou drasticamente a minha vida. Hoje melhorei bastante nessa questão, mas se tivesse acreditado mais em mim mesma antes teria me poupado muita coisa.

Você não é igual a todo mundo e nem deveria

Sabe aquele frase que toda mãe fala “mas você não é todo mundo”. Então. É verdade. Só que na minha cabeça não era bem assim. Se eu soubesse disso antes tanta coisa teria sido diferente e não tem como mudar o passado, então segue o baile.

Dê mais valor às coisas que você ama fazer

Desde que me lembro sempre gostei de escrever, desenhar, pintar, dançar, cantar e acabei deixando de lado por um tempo. Além de hobbies, eram coisas importantes e muitas vezes eu não as encarava desse jeito.

Acredite mais nos seus sonhos

Sempre amei sonhar e fazer planos, mas sabe como é né. Eu tinha um sonho e o tempo passava e acaba não realizando. Até que um grande sonho aconteceu meio sem querer e percebi que eu poderia sim realizar todos os meus sonhos.

Não dê ouvidos às opiniões alheias

Aprendi a ignorar “opiniões” de pessoas que não me ajudariam em nada no Ensino Médio, mas antes disso foi bem difícil. Crescer em uma cidade pequena onde muita gente acha que sabe mais da sua vida do que você mesma não ajudou muito, mas percebi que pouco importa se as pessoas tem opiniões sobre mim.

Pense mais no presente

Como falei acima sempre gostei de sonhar e de fazer planos o que me afastava um pouco do presente. É importante sim pensar no futuro, porque um dia ele chega. Mas não tanto, né? Fazia planos mirabolantes e gastava uma energia mental gigante em coisas que estavam há anos de distância e não tinha motivos para me preocupar naquela época.

Nem todo mundo vai gostar de você

Desde pequena percebia que nem todas as pessoas gostavam de mim, assim como eu não gostava de algumas pessoas também. Por infinitos motivos, sempre vai ter alguém que a gente prefere ficar meio distante e está tudo bem. Mas quando eu estava na escola isso me frustava bastante e gostaria de ter entendido mais cedo que a vida tem dessas mesmo.

Ninguém é obrigado a fazer exatamente as mesmas coisas que os amigos

Tive alguns círculos de amizades diferentes ao longo dos meus anos escolares. E quando eu era bem mais nova, achava que precisava fazer as mesmas coisas que os meus amigos. Logo depois, convivendo com pessoas um pouco mais diferentes, percebi que eu não precisava fazer as mesmas coisas que eles.

Tudo bem querer ficar sozinha às vezes

Desde muito nova lembro que gostava de ficar sozinha no meu quarto fazendo as coisas que eu gostava de fazer. Mas sempre ficava pensando que talvez fosse meio estranho quando, na realidade, estava tudo bem eu querer ficar sozinha às vezes. Inclusive, hoje reconheço que isso me ajudou a criar independência mais facilmente.

Se eu soubesse dessas coisas antes, algumas coisas teriam sido bem diferentes. Entendo que não adianta pensar muito sobre isso, porque não dá para voltar no tempo.

Além de que se eu soubesse de tudo isso antes, eu não seria a pessoa que me tornei hoje, né?

Mas e você? Tem alguma coisa que gostaria de ter aprendido quando ainda estava na escola?

Inspirações de looks com bucket hat!

Bucket hat é um modelo de chapéu que surgiu nos anos 90 e voltou nos 2000 e agora está em alta, de novo.

É uma peça versátil, linda e útil, já que pode nos proteger do sol, além de ser um complemento para o look.

O acessório existe nas mais variadas cores, tecidos e estampas. Tem para todos os gostos!

E se até Rihanna usa bucket hats, por que nós – meros mortais – não usaríamos, não é mesmo?

Por ser uma peça mais despojada, o bucket hat fica lindo em looks mais casuais. Mas nada impede de usar em looks mais trabalhados, tá?

Confira abaixo inspirações de looks para usar com essa peça que vira e mexe está em alta:

Unhas de vaquinha: veja como fazer!

Ao longo desse ano tenho visto muitas pessoas usando esmaltes coloridos ou com uma estampa diferente. E uma das que mais vi é a unha de vaquinha e fiquei com vontade de testar.

Confira algumas inspirações e veja o passo a passo abaixo:

Para fazer as unhas de vaquinha você vai precisar de um grampo de cabelo, esmalte preto e esmalte de outra cor se você quiser pintar uma cor no fundo.

PASSO A PASSO:

A primeira coisa é abrir bem o grampo para que você possa fazer a estampa com ele.

Se você quiser, pode pintar a unha completa de branco ou de outra cor. Eu optei em deixar sem fundo.

Aí é só pintar a ponta do grampo de esmalte preto e começar a fazer as manchinhas na unha. Tente fazer cada mancha de um jeito, porque assim fica mais parecido com uma vaquinha, já que todas são diferentes.

Depois você pode passar uma base, se quiser.

Eu amei o resultado e vou usar mais vezes. E você?